segunda-feira, 22 de julho de 2013

Três Picos, primeira viagem da Gigi


A Gigi já está com 50 dias de vida e 5kg. Mama uma barbaridade e está super forte. Neste final de semana o Motta e a Ângela nos convidaram para ir para os Três Picos e a gente resolveu arriscar uma primeira viagem. Foi tudo meio corrido, mas no sábado de manhã já estávamos prontos para pegar a estrada.


A viagem foi até tranquila, com algumas paradas pra Gigi mamar. Na maior parte do tempo ele curtiu uma boa soneca na cadeirinha. Na chegada aos Três Picos aproveitei para tirar umas fotos.



Chegamos no Refúgio Canto da Pedra, do Alexandre Portela. Estava uma tarde linda e nem fazia muito frio.


O Motta e a Ângela já estavam lá, além de um casal super simpático, o Antônio e a Rosana com seu filho Rodrigo e o sobrinho Gabriel. Completava o time a cadelinha Bizú. Passamos a tarde tomando umas cervejas artesanais da região, a Cerveja Três Picos feita pelo Sérgio Tartari. A Gigi estava curtindo o sol e o calorzinho dessa tarde na montanha.

À noitinha o frio chegou e a turma se reuniu no refúgio. O Portela preparou umas pizzas no forno a lenha e uns amigos e parentes dele vieram para uma animada cantoria.





À noite nos acomodamos nos nossos colchonetes na parte de cima do refúgio. Deixamos a Gigi bem quentinha entre a gente. Algumas acordadas para dar mamá, e outras para fechar uma janela que insistia em abrir com o vento. Uma noite muito gostosa com a nossa miudinha.

Amanheceu um domingo bem bonito. Ventava bastante e a temperatura tinha subido um pouco. Tomamos nosso café e a turma foi se agitando para escalar, caminhar...   O Portela levou o Antônio para escalar no Morro do Gato. O Motta e a Ângela também iam escalar por lá. Como a Rosana ia ficar no refúgio com a Gi eu decidi sair para fotografar, também pros lados do Morro do Gato.

Como eu iria por uma trilha diferente, sai sozinho caminhando e tirando umas fotos.



Ao chegar nos costões de onde eu queria fotografar os Três Picos o tempo ficou meio encoberto. E o vento forte dificultava as coisas, pois o point da foto era numa encosta íngreme. Resolvi subir mais um pouco e encontrei o Alê guiando a primeira enfiada da via Vida Rural.


Depois desse encontro desci os costões para o lado oeste da montanha e encontrei o Motta e a Ângela na base da via Bode da Tarde. Já ia descer pela trilha que eles subiram quando o tempo limpou e o sol iluminou os Três Picos. Acabei subindo os costões de volta e desci a minha encosta para fazer a foto que eu queria.


Voltei para o refúgio. Gi e Gigi tinham dormido a manhã toda. O vento diminuiu um pouco e a gente aproveitou para tomar um sol.


Aos poucos a turma foi chegando para umas cervejas e um almoço improvisado. Hora de arrumar as coisas para pegar a estrada de volta. Saímos à tardinha e eu ainda fiz uma última foto do Morro do Gato iluminado pelo sol e os imponentes Três Picos e Capacete ao fundo.


Foi muito bom viajar com a Gigi e ver que tudo correu bem. Primeira de muitas...

4 comentários:

  1. Olá Waldyr, Gi e Gigi!
    Hoje encontrei seu blog e foi um enorme prazer ler essa postagem, ver as fotos e relembrar nossa primeira ida ao refúgio do Alê e Andréia. Espero que possamos nos reencontrar por lá em breve.
    Grande abraço a toda a família,
    Antonio Tostes Jr.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Antônio ! Foi um ótimo final de semana lá. Grande abraço pra vocês também !

      Excluir
  2. Olá Waldyr seu blog fez o maior sucesso no 5º ano do Colégio Cora Coralina. Parabéns e continue assim...

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário.